Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Olá!!

 

Hoje o post do blog é sobre a minha opinião de 2 livros bem conhecidos e que já li há uns pares de meses.

 

  • Vou começar pelo livro The girl on the train, de Paula Hawkins.

 

Sinopse

 

No caminho para o trabalho, ela observa sempre as mesmas casas durante a sua viagem. Numa das casas ela observa sempre o mesmo casal, ao qual ela atribui nomes e vidas imaginárias. Aos olhos de Rachel, o casal tem uma vida perfeita, quase igual à que ela perdeu recentemente.

Até que um dia...

Rachel assiste a algo errado com o casal... É uma imagem rápida, mas suficiente para a deixar perturbada. Não querendo guardar segredo do que viu, Rachel fala com a polícia. A partir daqui, ela torna-se parte integrante de uma sucessão vertiginosa de acontecimentos, afetando as vidas de todos os envolvidos.

De leitura compulsiva, este é o thriller do momento, absorvente, perturbador e arrepiante.

 

Opinião (4*):

 

Comecei a ler este livro por causa de todo o entusiasmo à volta dele nas redes sociais e porque encontrei uma edição de capa dura barata, no awesomebooks! Sim!, adoro capas duras e sim!, sou "forreta" relativamente a livros! ;)

 

Mas.... voltando à opinião. :) Acabei de ler este livro em Setembro de 2016 e já este ano vi a adaptação cinematográfica! Apesar de já não me lembrar de todos os pormenores da história, ficou comigo aquela sensação fantástica de, a cada virar de página, haver um twist diferente a acontecer e o desenrolar numa acção completamente diferente daquilo que eu estava a imaginar. A história é contada em capítulos, divididos pelas vozes de 3 mulheres distintas, interligadas por vidas diferentes. A Rachel, a nossa mulher "principal" começa a narrar a história, descrevendo o caminho dela de todos os dias, do trabalho para casa e de casa para o trabalho, dando-nos a sua visão do que ela acha ser uma vida perfeita. Todos os dias ela observa uma casa em especial, na sua viagem de comboio e idealiza e compara a sua vida com a dessa mulher. Há uma 3ª mulher na história, que por sua vez, faz parte da vida destas outras. Obviamente, sendo esta história um thriller, acaba por haver um acontecimento que vai perturbar toda essa "vida perfeita" e a história vai progredindo com as vozes das 3 mulheres interligadas e os acontecimentos vão-se desenrolando rapidamente, sempre num clima de mistério. Tenho a dizer que a acção é muito rápida, sendo a leitura é bastante fluída e por diversas vezes pensei que sabia o que ia acontecer, de seguida surpreendedo-me a cada página com o contrário! Adoro a escrita da autora e recomendo a quem gosta do género e também de leituras rápidas e fluídas!

 

Muito rápida e sucintamente sobre a adaptação cinematográfica. Gostei bastante. Falham alguns pormenores que, naturalmente, nós leitores reparamos, não deixando de ser um óptimo filme. Igualmente de acção rápida, num clima de mistério e thriller, as vidas das 3 mulheres aparecem interligadas num turbilhão de acontecimentos, crescendo de intensidade até ao final, ao desenrolar da história. O facto de se passar numa cidade diferente da da acção do livro não é importante, só acho que poderiam ter explorado mais as características pessoais da Rachel. Óptimo filme para um Domingo à tarde!

 

  • Seguindo para o próximo livro Room, de Emma Donoghue.

 

Sinopse

 

Para Jack, de cinco anos, o quarto é o mundo todo. É onde ele e a Mamã comem, dormem, brincam e aprendem. Embora Jack não saiba, o sítio onde ele se sente completamente seguro e protegido, aquele quarto é também a prisão onde a mãe tem sido mantida contra a sua vontade. Contada na divertida e comovente voz de Jack, esta é uma história de um amor imenso que sobrevive a circunstâncias aterradoras, e da ligação umbilical que une mãe e filho.

 

Opinião (4*):

 

Adorei, adorei, adorei! Este livro acabei de o ler em Janeiro e conta-nos a história (um pouco cliché) da rapariga raptada e aprisionada durante anos, que tem um filho enquanto está em cativeiro. A história é narrada por Jack, um menino de 5 anos, muito meigo e inocente, que não conhece nada além do quarto onde vive e sempre viveu. Gostei imenso de seguir a linha de pensamento de um rapazinho de 5 anos, com problemas de dicção e articulação de frases, com toda a sua inocência e doçura, apesar da situação horrenda em que se encontra. Admito também, que talvez seja uma desvantagem para alguns leitores, o facto de ser narrado por um menino de 5 anos, em que algumas pessoas poderão não se identificar com ele ou ser difícil acompanhar a sua linguagem. No entanto, a história desenrola-se centrada na vida de Jack e a sua mãe, confinados a um quarto minúsculo, onde a mãe faz de tudo para lhe proporcionar uma vida aparentemente "normal", até que decide, um dia mudar tudo isso. Essa parte da história desenrola-se de forma muito rápida, convergindo na solução expectável e depois narrando, de forma mais calma, todos os acontecimentos e consequências que advêm desse desenrolar. É uma bonita história de amor materno, coragem, força de vontade e misturando tudo com um pouco de thriller e suspense, deixando-nos presos à história de vida deste menino amoroso de 5 anos. Faz-nos pensar na natureza humana e o que leva certas pessoas a agirem dessa forma, retirando, intencionalmente a liberdade a outras, unicamente para seu bel-prazer, desprezando os direitos dessas pessoas e faz-nos também reflectir sobre pequenas coisas que temos como garantidas, como, por exemplo, a luz do sol. Fala de amor materno incondicional e a beleza e inocência de sermos crianças.

 

Novamente, muito rápida e sucintamente sobre a adaptação cinematográfica. Gostei bastante. No entanto, aquilo que gostei no livro não foi transposto para o filme, a narração foi feita pelo Jack, mas sem todos os problemas ou particularidades de dicção de um menino de 5 anos (porque, claramente, isso não iria funcionar no cinema!). A acção desenrola-se rapidamente e, obviamente, foi condensada para o tempo do filme e certos pormenores escapam ou não são perceptíveis para quem não leu o livro. Se já viram o filme, não recomendo a leitura do livro, porque o elemento surpresa já se perdeu!

 

E é tudo. São dois livros que gostei bastante de ler e me deixaram curiosa com os próximos volumes das respectivas autoras. Se estiverem interessados, aqui fica a minha opinião em vídeo:

 

 

Não se esqueçam!!!

 

 

 

  • Giveaway até 31.03.2017!!

 

Link

 

 

 

 

 

 ***

 

earth_only_home_we_have.jpeg

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog




First To Read

First To Read

Afiliado Wook

WOOK - www.wook.pt

Afiliado Saída de Emergência


Blogs Portugal